domingo, 29 de agosto de 2010

ELIFAS ANDREATO – AS CORES DA RESISTÊNCIA



Está em cartaz até o dia 10 de outubro no Memorial da Liberdade em São Paulo a exposição ELIFAS ANDREATO – AS CORES DA RESISTÊNCIA.

A mostra enfoca a produção mais política deste ilustrador cujo traço é familiar a qualquer brasileiro mais atento, já que sua arte prestou serviços a inúmeras capas de discos (sendo premiado por mais de dez vezes por estes trabalhos), livros, revistas, cartazes e etc.





Filho de lavradores, nascido em 1946 no interior do Paraná, veio para São Paulo no início da adolescência. Aos 14 trabalhava como torneiro mecânico durante a semana e, aos sábados e domingos, emprestava sua habilidade artística decorando o salão de festas da empresa. Aos 18, iniciou como assistente de cenografia na TV Record, logo depois passou para a editora Abril,onde entrou como estagiário e chegou à posição de diretor de arte, cargo que abandonou para poder exercer seu trabalho de forma mais ideológica e política.



Nos anos 70, em pleno regime militar participou da revista ARGUMENTO, participação esta que lhe garantiu a monitoração por parte dos grupos de repressão aos movimentos subversivos. Entre suas produções, estão pôsteres para o fundo de greve dos trabalhadores, para peças de teatro históricas, capas de livros políticos, enfim, um artista ENGAJADO, que fez e faz de sua arte, ferramenta para reflexão acerca da realidade em que vivemos.



Aproveite e relembre mais um pouco de nossa história, visitando as ruínas do DOPs, que também funciona na Estação Pinacoteca. Zinismo recomenda.

2 comentários:

  1. esse é loko! pessoalmente então... aff!

    ResponderExcluir
  2. Cabreiro, Grão! Ele fez a capa do livro "Lamarca - o capitão da guerrilha", que li quando estava no segundo colegial e marcou muito minha vida.

    Vou visitar a expo.

    ResponderExcluir

Andarilhos do Underground: ZINAI-VOS!!!